MSX ARM – Primeiro teste de hardware.

Muitos já devem saber, através das listas GDMSX, MSXBR-L e MSX-All, além do blog do Retrocomputaria Plus e das comunidades MSX Brasil no FaceBook e no Orkut, que o primeiro vídeo de testes do MSX ARM foi liberado.

Nesse vídeo eu e Rogério Matte Machado, testamos o hardware e sua integração com  um MSX Real, no caso um MSX2+ Sony HitBit F1 XDJ.

Alguns “testes básicos” foram feitos e apesar de chamá-los de “testes básicos”, posso garantir que o esforço e a quantidade de horas de pesquisa e desenvolvimento já utilizados até agora, nos deixam com um produto próximo a estabilidade de um hardware MSX convencional com um SD embutido e RS232, faltando ainda a camada de ethernet, portas USB, MIDI In/OUT além de uma nova capacidade inserida no hardware desde o dia em que o vídeo foi feito, que é uma saída S/PDIF para áudio digital 5.1.

Com isso estamos próximos de um passo importante, que é o desenvolvimento de todo o software embarcado necessário para a integração dos periféricos extras, como ethernet, USB, MIDI IN/OUT, dentre outros.

Teremos um grande trabalho pela frente no próximo ano.

Segue o demo abaixo.

MSX ARM primeiro vídeo – Teste de hardware

[]’s
PopolonY2k

Referência na internet

Retrocomputaria Plus (anúncio do primeiro vídeo do MSX ARM)
http://www.cupulablogs.com/retrocomputaria/?p=2038

 GDMSX (Grupo de desenvolvimento de software e coisas legais para MSX)
 http://groups.google.com/group/gdmsx

MSXBR-L (Lista de usuários de MSX)
http://listas.amplus.com.br/mailman/listinfo/msxbr-l

MSX-All
http://br.groups.yahoo.com/group/MSX-All/

MSX Brasil (Orkut)
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=98375914 

MSX Brasil (FaceBook)
http://www.facebook.com/home.php?sk=group_182223775136806#!/home.php?sk=group_182223775136806

MSX2+ Sony HitBit F1 XDJ
http://www.1000bit.it/scheda.asp?id=1682 

S/PDIF (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/S/PDIF

Print Friendly, PDF & Email

19 thoughts on “MSX ARM – Primeiro teste de hardware.”

    1. Opa…

      …valew mesmo.

      Vamos continuar a caminhar no projeto e consequentemente nos próximos demos.

      []’s
      PopolonY2k

  1. Me admira que mesmo trabalhando em equipe estao conseguindo manter a integridade conceitual da coisa, mesmo que se trate de um projeto modular, eu sempre acabo divagando quando nao estou com uma placa que tenha alguma ideia fixa na mao para trabalhar.

    1. Bom…

      …na verdade conversamos bastante e uma coisa é fato.

      Manter a integridade do projeto e principalmente continuar com nossos MSX em sua forma original.

      Pensamos em modificar o MSX original para se adequar ao projeto, mas aí percebemos que na verdade precisaríamos aprender mais do que sabíamos para poder tocar o projeto sem fazer alterações no hardware original.

      Foi o que fizemos, corremos para aprender um monte de coisas novas e ainda aprenderemos mais até om final do projeto.

      No final teremos um hardware novo que trabalha em conjunto com o nosso micro clássico preferido.

      Quanto a divagar sobre novas coisas, até fazemos isso, mas sempre com o pé no chão…..algumas coisas alteramos do original sem maiores problemas.

      []’s
      PopolonY2k

    2. Mastk. O cartucho de interface MSXARM e MSX eh opensource agora(soh o cartucho).O layout ainda esta em desenvolvimento mas ja eh possivel ter uma boa ideia sobre o produto final no WIKI:

      http://187.33.0.151/foswiki/bin/view/MsxArm/MsxBreakout

      Nos proximos dias libero o esquema eletrico, projeto pcb e o projeto Xilinx para programacao da logica programavel qdo utilizada na interface com o MSXARM( http://187.33.0.151/foswiki/bin/view/MsxArm/MsxArm?topic=MsxArm)

      Mais detalhes no Wiki e no GDMSX google group

  2. Cara, parabéns pelo projeto.

    Só peço uma coisa: Eu soube disso meio atravessado pela MSXBR-L e MSXALL. Mas nao ta claro o projeto ainda.

    Faz um post simples, mas explicando qual o objetivo do negocio que nao ta claro para mim.

    Abs!
    Bruno

    1. Opa Bruno…

      …na verdade toda explicação está meio que “no ar”, sendo discutida no grupo de desenvolvimento de coisas legais para MSX, o GDM (https://groups.google.com/forum/?fromgroups#!forum/gdmsx).

      No GDM explico que se trata de um projeto que irá estender as capacidades de um MSX2+ convencional, transformando-o em um TurboR, através da implementação do R800 no ARM Cortex4, além da capacidade de ter um SD, ethernet, RS232, saída de áudio S/PDIF, dentre outras features.

      Tudo isso com otimizações no uso do VDP do MSX, através de implementação de um sistema de pipelines, já desenvolvido em FPGA.

      Lembrando que se o micro não for MSX2+, também terá o R800 e todas as features rodando no computador, porém não poderá rodar jogos de MSX2+ e TurboR.

      []’s
      PopolonY2k

  3. Parabéns caras pelo trabalho…

    Presenciei uma pequena parte do esforço e da dedicação de ambos no projeto…

    O entusiasmo de vocês é inspirador..

    []‘s

    JR

Leave a Reply to Rogerio Cancel reply