Computer made music

Chiptune is a music category that has grown over the last few years and it is composed often by musicians, users and fans of old computers. This new music category is growing thanks to a generation whose childhood was affected in some way by computers.

Those who were born in the 70‘s and 80’s know exactly what about I’m writing, because in those days anyone who could get any kind of computer now was able to remember the magic behind it’s sounds and songs created for those machines.

If you lived those magic days, brands like Commodore, Apple, Texas, Philips are familiar to you and some systems and computers standards like C64, AppleII, Amiga, Spectrum, Amstrad CPC and MSX in some way have had some importance and maybe influenced you in your career or hobby.

Today several mainstream artists have been submitting their songs to be produced by producers that were influenced by C64 game made songs and by Amiga demosceners artists. The most famous example of this influence is a recent scandal involving the well known producer Timbaland that has been accused of plagiarism by Amiga computer fans, when he worked for Nelly Furtado’s album, Loose, released in 2006.


Comparing both songs

This is a well known story and in fact Timbaland revealed to have plagiarized some elements of several Amiga’s composers including the demoscener artist Janne Suni (a.k.a Tempest). One of the songs plagiarized by Timbaland was composed by Tempest for the Oldskool Music competition (Assembly 2000) which occurred in 2000 in Helsinki, Finland and reached the first place in the competition.


Nice try Timbaland 🙁
.

To be continued...

[]’s
PopolonY2k

Reference

ChipTune (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Chiptune

Timbaland (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Timbaland

Nelly Furtado (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Nelly_Furtado

Timbaland Plagiarism controversy (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Timbaland_plagiarism_controversy

Print Friendly, PDF & Email

R.I.P MSN !!!

Finalmente a rede MSN está fora do ar. No ultimo dia 31 de outubro a Microsoft iniciou o desligamento dos servidores que ainda mantinham a rede MSN ativa.

Apesar do anúncio feito há quase 2 anos de que o MSN seria desativado em favor do Skype, a Microsoft manteve os servidores MSN ativos graças ao mercado Chinês que obrigava a empresa a manter o serviço, principalmente por conta de contratos com empresas locais de telefonia que contavam com o MSN como parte do pacote de serviços mobile disponíveis em seus planos aos usuários chineses.

Por conta disso, desde o anúncio da “morte” da rede MSN em 2012, ainda era possível acessar essa rede utilizando clientes não oficiais como o PlanetaMessenger.org, Adium, PidginIM e MirandaIM. Um pouco mais de 1 mês após o último anúncio da desativação dos servidores MSN, finalmente chegou o momento em que podemos dizer que a rede está fora do ar e dessa vez foi para talvez nunca mais voltar.

Damned skype
Damned Skype

Digo isso pois essa semana o plugin MSN do projeto Open Source que mantenho há mais de 13 anos, o PlanetaMessenger.org, não consegue mais estabelecer conexão com o Dispatcher Server (*) do serviço MSN, bem como outros clientes mobile para Android, como o IM+.

(*) Dispatch Server é um dos servidores da rede MSN que informam qual o Notification Server (*) está disponível para o cliente se conectar.

(*) Notification Server é um dos servidores da rede MSN que providenciam alguns serviços como login, notificação de presença, lista de contatos, etc…

Isso já havia acontecido no passado, exatamente em outubro de 2003, entretanto naquele mesmo ano, alguns meses antes já era conhecido que a Microsoft bloquearia os clientes não oficiais que usavam a rede MSN com protocolos anteriores ao MSNP8. Por esse motivo eu fiz a engenharia reversa do protocolo MSNP8 do cliente oficial e implementei o novo modelo de autenticação SSL e demais pacotes necessários, na biblioteca do plugin MSN do PlanetaMessenger.org denominada JMML (Java MSN Messenger Library), e voilá, após isso a Microsoft nunca mais conseguiu retirar o PlanetaMessenger.org da rede MSN.

Se passaram mais de 10 anos e nesse intervalo eu vi o PidginIM, Adium e o MirandaIM terem suas implementações do protocolo MSN bloqueadas várias vezes, obrigando-os a fazer patches de correção para manter seus clientes conectados na rede MSN, entretanto a implementação do protocolo MSN do PlanetaMessenger.org (JMML) se manteve firme e forte nesse intervalo de tempo, nunca tendo sido afetada por esses bloqueios, apenas recebendo atualizações pertinentes a correções de bugs e problemas de segurança.

O mesmo aconteceu para os projetos que utilizaram a biblioteca JMML para se conectar na rede MSN, pois até onde sei alguns grandes nomes desse mercado de clientes e servidores de mensagens instantâneas, como o projeto OpenFire da Ignite realtime/JiveSoftware jamais tiveram nenhum problema de acesso à rede MSN, enquanto utilizaram a JMML em seu core.

R.I.P MSN
R.I.P MSN

Agora apenas me resta deixar que a JMML descanse em paz junto com a rede MSN……ou quem sabe fazer um servidor compatível com MSN . 🙂

Enjoy.

[]’s
PopolonY2k

Referência

MSN – Windows Live Messenger (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Windows_Live_Messenger

Skype official website
http://www.skype.com/

Microsoft official website
http://www.microsoft.com

PlanetaMessenger.org official website
http://www.planetamessenger.org

Adium official website
https://adium.im/

PidginIM official website
https://pidgin.im/

MirandaIM official website
http://www.miranda-im.org/

IM+ mobile messenger
https://plus.im/

MSNP8 Protocol (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Microsoft_Notification_Protocol#MSNP8

PlanetaMessenger.org Libraries (JMML, DJcq2k, ComVC, …)
http://sourceforge.net/projects/pmlibs/

OpenFire (Ignite realtime/Jive Software)
http://www.igniterealtime.org/projects/openfire/

Ignite realtime/Jivesoftware about page
http://www.igniterealtime.org/about/index.jsp

PlanetaMessenger.org’s Sourceforge.net project’s page
http://sourceforge.net/projects/planeta/

News about MSN network ending.
http://www.neowin.net/…/msn-messenger-will-finally-shut-dow…
http://www.windowscentral.com/msn-messenger-shut-down-china…

Print Friendly, PDF & Email

Dennis Ritchie the father of everything

Since Dennis Ritchie passed away, I have been thinking to write something about this guy, not just because to me he is the most important computer scientist since early days of modern computer systems, but just because he was the father of everything we are running today.

The C programming language (Book cover)
The C programming language (Book cover)

Unfortunately the world did not give to him, what is in my opinion, the deserved attention in the moment of his death, because 7 days before another great entrepreneur had passed away, so the world media and market was more affected by his death. I’m talking about Steve Jobs, that is known as a great entrepreneur and business man, but without the work of Dennis Ritchie helping him indirectly, maybe his progression would have been more difficult than it was.

This is because all basic software of Apple, like MacOS X and IOS was written using the C language, created by Dennis Ritchie several years before at Bell Labs, and considering that both operating systems are UNIX-Like, the importance of Dennis Ritchie for Apple’s present day success increases, because he was the creator of UNIX too.

The Bell Labs.

It is impressive the influence of Dennis Ritchie in all modern languages, like, C#, Java, Shell scripting, and a lot of others that have their dialect based on C language, but when he created the C language I think that has was just thinking about reusing his works in new models of computers that were been born in the mid seventies.

In those days computer use was restricted to universities and big companies. Considering the corporate world I can say that this environment was a controlled place and it’s growth was maintained by other big companies like Hewlett Packard and IBM, but in university and the world of research this growth was more open and with no boundaries, I think that was almost chaotic.

At this time a well known research lab was the source of the biggest researches of the sixties and seventies, considering the computer science scene. This lab sponsored the development of a computer digital language whose main goal was to create a generic and abstract language capable to access the low level resources of any machine using a lightweight set of reserved commands, making it easier to learn than machine language.

I’m talking about the Bell Laboratories, a well known research institute at that time, created by another great genius and the father of all modern communication found today, Alexander Graham Bell. I remember in the early nineties I thought Bell Labs to be the most important place of technology since the sixties until those days and I was really fascinated by their creations, since C, UNIX and C++, all related to computer science, but if we consider the big legacy of Bell Laboratories, I must cite the transistor invention and the telephone, this one being the big start-up of Bell labs.

Dennis Ritchie and Ken Thompson at Bell Labs
Dennis Ritchie and Ken Thompson at Bell Labs

Maybe you know Bell Labs as AT&T, a big american telecommunication company from the eighties and nineties, but in fact AT&T is older than we know and the relationship with Bell labs came from the twenties and in my point of view, AT&T was a company behind the Institute Bell Labs, giving it financial support to develop the base of the current digital technology in the world.

Today Bell Labs is part of a French telecommunications company, known as Alcatel-Lucent and the good news about this is that the new company is keeping focus on technologies based on networking, software and other digital technologies. On the other hand other basic technologies like semiconductor research was taken apart.

The creation of the C language

 In the early nineties, I was very interested to learn about computer languages because I had started to study computer science in university and I was living a special moment where my colleagues and teachers were exchanging a lot of information about computer languages, mathematics, physics and other basic concepts.

In this motivating scenario where all seemed to be new, I was presented to the C language by several colleagues and specifically by a teacher, that was a student of the author of the well known best selling book Turbo C – The complete reference, Herbert Schildt.

The new edition of a classic - by Herbert Schildt.
C – The complete reference (Herbert Schildt)

Herbert Schildt was my first gate to the C language and after I started to learn just reading his books I wanted to learn about the creator of C language and why it was created, then the big question is why Dennis Ritchie created the C language ?

There are a lot of theories and tales about the motivation of the creation of the C language but in fact the real reason why Dennis Ritchie created the C language was because he was involved in UNIX development in conjunction with his big friend and colleague Ken Thompson, in the early seventies.

In those days, the UNIX operating system was barely beginning and it was completely written in assembly language for the DEC PDP-7 and it was known that PDP-7 was almost obsolete, then when the new DEC PDP-11 was released, the UNIX system would be dead too fast, because the compatibility between those machines was not so simple and natural as in modern computers.

UNIX (Thompson/Ritchie creation)
UNIX (Thompson/Ritchie creation)

The best choice was to look for a new, powerful and abstract language to use in his port of the UNIX operating system and the first choice of Ken Thompson was the B language, that is a variant of an older language, called BCPL.

Unfortunately B lacks a lot of features to help the programmers make good, abstract and scalable softwares.

Knowing all of these limitations Dennis Ritchie started to create the C language, based on some concepts of B language but without all of the features lacking of the B language.

After this, in the mid seventies the UNIX system was completely rewritten using the C language and until now UNIX and C, both, have been the most important technologies present on several modern computers and for overall learning in computer science too, thanks to Dennis Ritchie and Ken Thompson.

The legacy

Today we are living a great moment in the area of technology, a moment when new and exciting technologies are being born every day. But I think that we must never forget about these grand masters of computer science, that in the past created the strong base that we are using now and Dennis Ritchie is for me the most important of all computer scientists. Just because other great masters like Bjarne Stroustup, the father of C++, James Gosling, the father of Java and many other important guys, based their creations on Dennis Ritchie’s work.

C++ (Created by Bjarne Stroustrup)
C++ (Created by Bjarne Stroustrup)

I believe that Dennis Ritchie is directly and indirectly influencing all generations of new computer scientists and the IT professionals in general, because almost all commercial and open source technologies are based on his work.

Just to cite an example, today we have open technologies like Java and the other hand we have closed technologies like C#, these are two technologies that are now competing for attention from most professionals of the technology information market, but it is known that both share the same syntax and other features, and why not say, the same spirit of C language…….the spirit of Dennis Ritchie.

Ken Thompson and Dennis Ritchie
Ken Thompson and Dennis Ritchie

Enjoy the silence.

[]’s
PopolonY2k

References

Dennis Ritchie (Bell Labs page)
http://cm.bell-labs.com/who/dmr/

Dennis Ritchie death announcement (NY Times)
http://www.nytimes.com/2011/10/14/technology/dennis-ritchie-programming-trailblazer-dies-at-70.html?_r=0

Steve Jobs death announcement (TechCrunch)
http://techcrunch.com/2011/10/05/steve-jobs-has-passed-away/

Apple WebSite
http://www.apple.com

MacOSX (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/OS_X

IOS (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/IOS

The C language (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/C_(language)

Bell Labs (Alcatel website)
http://www3.alcatel-lucent.com/wps/portal/belllabs

UNIX
http://www.unix.org/

C# (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/C_Sharp_(programming_language)

Java (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Java_(programming_language)

Shell Script (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Shell_script

Hewlett Packard
http://www.hp.com/

IBM
http://www.ibm.com

Alexander Grahan Bell (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Alexander_Graham_Bell

C++ (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/C%2B%2B

AT&T
http://www.att.com/

Alcatel-Lucent
http://www.alcatel-lucent.com/

Turbo C – Complete reference (Amazon)
http://www.amazon.com/Turbo-Complete-Reference-Herbert-Schildt/dp/0078817765

Herbert Schildt
http://en.wikipedia.org/wiki/Herbert_Schildt

Ken Thompson’s bio at Bell Labs
http://www.bell-labs.com/history/unix/thompsonbio.html

DEC PDP-7
http://www.linfo.org/pdp-7.html

DEC PDP-11 (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/PDP-11

B Language (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/B_language

BCPL Language (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/BCPL

Bjarne Stroustrup
http://www.stroustrup.com/

James Gosling
http://nighthacks.com/roller/jag/

Print Friendly, PDF & Email

Steve Kordek, “revolucionário” do Pinball, morre aos 100 anos.

Todos sabemos que o mundo, atualmente, passa por transformações culturais bruscas, sendo as principais relativas ao modelo antiquado, retrógrado, ditatorial, monopolista, falido e principalmente que não fomenta a inovação tecnológica e artística, sendo esse modelo patrocinado pelas gravadoras, estúdios de Cinema e recentemente redes de TV como a famigerada e antiquada rede Globo de televisão.

Rede Gloooobooo.....Funk ! (Quem viveu os anos 80 vai entender)

Em um mundo onde uma minoria retrógrada, monopolísta e nada inovadora começa a ameaçar cada vez mais as liberdades de quem pensa, tentando dirigi-los como se fossem uma manada de bois, os poucos inovadores de uma época de ouro da humanidade começam a deixar um grande espaço vazio.

No ano passado perdemos Dennis Ritchie, o “pai” de praticamente toda a base de software que temos hoje. Outro que também nos deixou bem cedo, foi Steve Jobs, que de fato não foi nem 1% do que foi Dennis Ritchie, porém era um grande empresário e conseguia transformar idéias de grandes criadores, como Steve Wozniak, em produtos para as massas, além de ser um exímio marketeiro e também um grande patrocinador da inovação tecnológica.

Dentre todas essas perdas, surge mais um nome, talvez desconhecido para a maioria dos brasileiros e quem sabe até de cidadãos de outros países quiçá até americanos, é Steve Kordek, que talvez seja melhor reconhecido quando citamos as máquinas de Pinball.

Steve Kordek - Pai das máquinas de Pinball modernas

Ahhhh…agora sim…principalmente porque descobrimos que se trata de alguém de grande importancia para a geração e história contemporânea !!! Pois bem, Steve Kordec é reconhecido principalmente por ter revolucionado as máquinas de Pinball a partir dos anos 40, praticamente redefinindo o formato dessas máquinas e as transformando no padrão que conhecemos atualmente.

A notícia de seu falecimento se tornou pública desde o dia 22, porém algumas informações são de que ele faleceu no ultimo dia 19 de fevereiro de 2012, aos 100 anos de idade. 🙁

Precisamos urgente de novos Steve’s & Dennis inovadores pois estamos perdendo a guerra da sobrevivencia para a banda burra do planeta (aka, gravadoras, estudios de cinema, redes de TV, Deputados, Senadores….).

[]’s
PopolonY2k

Referência na internet

Noticia original no New York Times
http://www.nytimes.com/2012/02/24/business/steve-kordek-innovator-of-pinball-game-dies-at-100.html?_r=1

Globo ganha ação na justiça e impede Google de exibir links nos resultados de busca.
http://portalimprensa.uol.com.br/noticias/brasil/47345/globo+ganha+acao+contra+google+site+tera+que+apagar+links+com+programacao+da+emissora

Rede Globo de Televisão (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_Globo

Dennis Ritchie – RIP++
http://www.popolony2k.com.br/?p=1204

Steve Jobs (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Steve_Jobs

Dennis Ritchie (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Dennis_Ritchie

Steve Wozniak (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Steve_Wozniak

Steve Kordek (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Steve_Kordek

Pinball (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Pinball

Print Friendly, PDF & Email

Game On – Press space key to start

No mês passado eu havia anunciado sobre a exposição interativa que o MIS (Museu da arte e do som) estava promovendo em São Paulo Capital, denominada Game On.

Me lembro que no anuncio original, era claro que de terça até sexta o evento aconteceria de 12 às 20 horas, o que eu acreditava ser muito ruim, uma vez que geralmente as 18:00 o pessoal começa a sair do trabalho aqui na capital e isso causa um transtorno geral no transito, principalmente nessa região do museu da arte e do som e geralmente se leva entre 30 a 40 minutos para chegar no local, considerando que se está partindo da região central de São Paulo, ou seja, teríamos aproximadamente 1 hora e meia para “aproveitar” o evento, o que é pouco pela quantidade de material presente no museu.

Entretanto, acredito que pelas reclamações dos visitantes, o horário do evento foi estendido para as 21:00 horas também durante a semana, ou seja, temos 2 horas e meia para visitação, o que para mim é algo mais do que suficiente em uma visita onde se deseja conhecer uma pouco da história dos video-games e computadores em geral.

Como a maioria dos jovens vai para brincar nos video-games, então mesmo 2 horas e meia é pouco. :).

Vou postar abaixo algumas fotos que tirei no evento. Tem muito mais no meu álbum de fotos, que pode ser acessado a partir desse link aqui.

Para começar o passeio, não dá para não comentar que o MIS, fica em uma das ruas com a maior concentração de revenda de carros importados de São Paulo e ouso dizer que até do País.

Será impossível você não parar para ver a loja Lamborghini São Paulo, que é revendedora dos cobiçados carros da marca Lamborghini, na capital, foi exatamente o que fiz tirando umas fotos da Lamborghini Modelo Aventador LP700-4, que custa só 2 milhões de reais. Hummm…..é que no momento estou em busca de um fusca em bom estado senão eu até pensaria em comprar uma dessas…. :).

Segue uma foto frontal…..

Lamborghini LP700-4 - 2 milhões de reais

…..e mais uma traseira aqui.

Lamborghini LP 700-4 (traseira)

Algumas fotos extras dessa beleza aí acima podem ser vistas em meu album, nesse link.

Mas vamos ao que interessa que é o …..

Cartaz do Game On na entrada do MIS

O Game On, como já foi citado anteriormente, é um evento organizado pelo MIS aqui no Brasil, entretanto o país de origem do Game On é a Inglaterra e apesar de na década de 80 um computador inglês, o ZX Spectrum, ter dominado o mercado da computação pessoal e games naquele país, o evento no Brasil é bem eclético existindo uma boa diversidade de consoles e computadores pessoais, a começar na entrada onde logo podemos apreciar uma réplica do DEC PDP-1, cuja foto dos engenheiros da Digital Equipment (DEC) pode ser vista, onde eles jogam um game chamado SpaceWar desenvolvido pela Atari para o PDP-1.

SpaceWar, 1962 - by Atari for PDP-1
Réplica da CPU do DEC PDP-1
Réplica do Teclado e monitor do DEC PDP-1 X.D
Engenheiros da DEC jogando SpaceWar no monitor de altissima resolução X.D

Ao lado do PDP-1 você encontra o Computer Space, que é reconhecido como o primeiro arcade da história, criado por Nolan Bushnell e Ted Dabney quando trabalhavam para a Nutting Associates, um pouco antes de deixar a empresa e fundar a Atari, Inc.

Computer Space

Ao contrário do PDP-1, que no evento do Game On era uma réplica, o Computer Space parecia ser original, entretanto não estava ligado para que pudéssemos ver o jogo em ação, por isso matei a minha curiosidade assistindo o vídeo abaixo no YouTube.

Computer Space Arcade Game – Nutting Associates, 1971

Ao assistir o vídeo acima posso dizer com certeza absoluta que se trata do ancestral do game, Asteroids, que fez muito sucesso posteriormente no Atari 2600.


Asteroids – Atari Inc. 1979

Entrando no centro nervoso do evento, somos recepcionados pelo game Pong (Atari 1979), sendo projetado na parede.

Pong - Atari, 1979 (Jogado pelo criador e mantenedor do projeto MSX TurboR ARM - Rogério Machado).

Seguido de perto do já citado anteriormente, Asteroids da Atari, lançado 8 anos depois de Nollan Bushnell ter sido despedido da Nutting Associates, após ter sido descoberto seu plano de fazer um clone do Computer Space, provavelmente o Asteroids.

Asteroids - Arcade da Atari, 1979 e descendente do Computer Space.

Outro clássico que não poderia ficar de fora é Galaga. Para quem não se lembra, ou sabe, Galaga é um daqueles games em que seu objetivo é atirar e destruir as naves inimigas para somar o maior número de pontos possível. Isso mesmo, sem nenhuma princesa para salvar, sem nenhum planeta para libertar, enfim…..jogar até enjoar…….o que não era muito dificil nesses jogos.

Galaga - Namco (Midway, USA)

Passando mais a frente encontramos à seção de consoles caseiros ………

Home consoles

…..onde algumas outras peças se tornaram bem familiares e outras foram reconhecidas apenas de ouvir falar, como é o caso do Magnavox Odyssey, conhecido nos EUA apenas como Odyssey.

O Odyssey é reconhecido como o primeiro console de video-game do mundo e segundo sua história, ele foi desenvolvido de 1966 a 1968 e seu protótipo ficou conhecido como The Brown Box, que estava presente no evento conforme foto abaixo.

The Brown Box (Pai do Magnavox Odyssey)

O interessante é que no Brasil o video-game Odyssey só apareceu no inicio da década de 80, fabricado pela Philips, também com o nome de Odyssey. Na realidade o video-game fabricado pela Philips se tratava da segunda versão do Odyssey, conhecida como Odyssey 2 nos EUA, também de propriedade da Magnavox nos EUA.

Me lembro que na época, la pelos anos 1982~1983, eu esperava ansiosamente pela chegada do revolucionário Odyssey 2 no Brasil….tsc, tsc, tsc, nem sabia que eu já possuía esse video-game revolucionário em minhas mãos :).

Odyssey 2 (No Brasil apenas Odyssey)

Nos EUA, o primeiro e histórico Odyssey era esse da imagem abaixo.

Magnavox Odyssey - O primeiro video-game do mundo

Infelizmente o evento não tinha um console do Odyssey 2 disponível para apreciação :(.

Claro que não poderia faltar o video-game, que ficou marcado como o primeiro maior sucesso de vendas no mundo, sendo reconhecido como o console que criou a industria de games moderna. Sim, estou falando do Atari 2600.

Atari 2600 - O pai da industria de games moderna

O Atari 2600 dispensa apresentações e comentários, apenas vale ressaltar que no Brasil esse video-game foi fabricado pela Polyvox, uma empresa do grupo Gradiente, conforme pode ser lido no site da comunidade Atari brasileira.

Outra curiosidade é que o Atari usava o mesmo processador de 8 bits do Nintendo Famicom (NES) e também do Apple II, o MOS 6502.

Na verdade o Atari usava uma versão mais barata do MOS 6502, conhecida como MOS 6507, porém o core era basicamente o mesmo.

Talvez propositalmente, os organizadores do Game On deixaram o Atari, o Nintendo Famicon (NES) e o Commodore 64, próximos na exposição, pois todos esses consoles/computadores tem uma ligação quase que familiar, que é a presença do processador da MOS Technology e que na verdade é a própria Commodore Business Machines,  nada menos que a fabricante do Commodore 64.

Entre tantos video-games, temos um computador que fez muito sucesso na Inglaterra, seu País de origem, e inclusive fez um certo sucesso aqui no Brasil através de seu clone, o TK90X, estou falando do ZX Spectrum.

Em pensar que quase tive um desses na época, no lugar do MSX…….

ZX Spectrum e o clone brasileiro, o TK90X.

Na sequencia, conforme citei anteriormente no post do Atari 2600……

Nintendo Famicom (NES)

…o Nintendo Famicom, ou Nintendo Entretainment System, ou NES, que reconhecidamente tirou os video-games de sua maior crise existencial ocorrida no inicio dos anos 80, devido a perda de interesse do publico nos video-games de segunda geração, sendo o Famicom reconhecido como video-game de terceira geração, assim  como o Sega Master System.

Basicamente chegamos a sala de computadores pessoais da década de 80 e ninguém melhor para dar as boas vindas do que o Commodore 64, principalmente agora que pude presenciar o porque dele ter sido imbatível em vendas na década de 80, nos EUA e Canadá.

Commodore 64 - Ainda vou ter um !!!

Ao testá-lo com o jogo que ele estava rodando, percebi que o scroll horizontal dele é estupidamente rápido em comparação ao que conhecíamos em outras plataformas, incluindo o MSX.

Commodore 64 rodando DropZone

Isso sem contar o seu processador de áudio, o SID, que é reconhecido como o melhor entre os micros de 8 bits.

Infelizmente vivíamos em uma famigerada política nacional de informática, ou reserva de mercado de informática como ficou conhecida, fruto de um protecionismo governamental ridículo que impediu que computadores como o Commodore 64 chegassem a nosso País, sendo que esses mesmos computadores chegaram tranquilamente em nossos vizinhos, como a Argentina, por exemplo.

Agora que os tempos mudaram…….eu preciso desse micro urgentemente !!!  🙂 🙂 🙂 :).

Outro computador histórico, principalmente para nós MSXzeiros, é o SpectraVideo, que segundo o próprio Bill Gates foi utilizado como base para o padrão MSX.

SpectraVideo SVI-318

O próximo computador é um velho conhecido aqui no Brasil, não por ter sido popular por aqui mas sim porque desbancou o reinado do computador mais usado e cultuado em Terra Brasilis, o MSX. Apesar de ter desbancado o reinado do MSX, esse computador nunca chegou a reinar de fato por aqui e só serviu mesmo para fazer com que os PC’s se tornassem mainstream, pois muitos usuários, na época, saltaram do MSX direto para o PC, o que na verdade era inevitável de acontecer.

Estou falando do Commodore Amiga, que apesar de ter um ótimo hardware, no Brasil, não emplacou como nos EUA, Canadá e Europa.

Commodore Amiga

Outro que chegou ao Brasil de maneira não oficial e fez pouco sucesso, foi o Apple II que devido ao descaso da Apple Computer Inc., com sua mania de sempre ignorar o mercado não americano, deixou espaço para diversos clones nacionais, muitos deles, a maioria, senão todos, completamente ilegais e não licenciados pela Apple Computer Inc. americana.

Apple II

Aqui no Brasil tivemos a Unitron, Milmar, Appletronica (que não tem nada a ver com a Apple), Dismac, CCE, entre outros “fabricantes” do Apple II.

Bom, vou terminando por aqui e é claro que reservei o melhor para o final, onde não poderia faltar essa máquina que foi a responsável pelo nascimento de grandes franquias de jogos que se destacam até hoje, como é o caso da série Metal Gear e também pela entrada de muitos dos profissionais de hoje, no mundo de TI.

Estou falando do MSX, que para aqueles que não sabem é uma linha de computadores criada na década de 80, representada por um consórcio de empresas japonesas, juntamente com a Microsoft, para se estabelecer um padrão em hardware e software.

Uma das empresas desse consórcio foi a Sony, que fez muito sucesso com sua série de computadores MSX chamada HitBit. E é exatamente o micro da Sony, o HitBit 2+ modelo HB-F1XDJ que pode ser apreciado no Game On.

Sony MSX2+ HitBit HB-F1XDJ

Infelizmente o MSX 2+ da Sony não estava ligado para que os visitantes entendessem o porque do MSX ser o mais mágico dos computadores :).

Bom, existe muita coisa no evento da Game On a ser apreciada, principalmente quanto a consoles novos, diversos arcades que infelizmente não citei aqui, também existe uma seção que conta um pouco da história das produções musicais para jogos, citando alguns dos principais artistas reconhecidos nesse meio, sem contar os principais consoles atuais com seus excelente jogos, prontos para a diversão.

Enfim, vale a visita, mas a minha sugestão é que quando você pensar em visitar a Game On, vá com muito tempo pois realmente é um lugar para se passar o dia, principalmente jogando 🙂 🙂 :).

Segue abaixo o endereço do MIS e os horários.

‘Game On’
Término 08/01/2012.
Museu da Imagem e do Som (MIS)
Av. Europa, 158, Jardim Europa. 2117-4777
Terça a sexta, das 12 às 21h; dom., sáb. e feriados, das 11 às 21h
Ingressos: R$ 10 e R$5 (meia)
Livre

[]’s
PopolonY2k

Referência na internet

MIS – Museu da Imagem e do Som
http://www.mis-sp.org.br/

Lamborghini São Paulo
http://www.lamborghini-saopaulo.com/

Lamborghini (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Lamborghini

Lamborghini Modelo Aventador LP700-4
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lamborghini_Aventador

PopolonY2k’s Lamborghini LP700-4 album
http://picasaweb.google.com/112074901768594959236/LamborghiniSaoPauloModeloLamborghiniAventadorLP7004?locked=true#

PopolonY2k’s Game On 2011/2012 album
https://picasaweb.google.com/112074901768594959236/GameOn20112012#

ZX Spectrum
http://en.wikipedia.org/wiki/ZX_Spectrum

DEC PDP-1
http://en.wikipedia.org/wiki/PDP-1

Digital Equipment Corporation
http://en.wikipedia.org/wiki/Digital_Equipment_Corporation

SpaceWar (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Spacewar!

Computer Space (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Computer_Space

Arcade Games (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Arcade_game

Nolan Bushnell (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Nolan_Bushnell

Ted Dabney (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Ted_Dabney

Nutting Associates (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Nutting_Associates

Atari Inc. (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Atari,_Inc.

Asteroids (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Asteroids_%28video_game%29

Atari 2600 (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Atari_2600

Pong (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Pong

Galaga (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Galaga

Magnavox Odyssey (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Magnavox_Odyssey

Milmar Top System (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Top_System

Magnavox Odyssey 2 (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Magnavox_Odyssey%C2%B2

Magnavox (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Magnavox

Philips (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Philips

Polyvox (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Polyvox

Gradiente (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Gradiente_%28empresa%29

A história do Atari no Brasil (Atari.com.br)
http://www.atari.com.br/historia/

Nintendo Famicom (NES) – Wikipedia
http://en.wikipedia.org/wiki/Nintendo_Entertainment_System

MOS 6502 (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/MOS_Technology_6502

MOS 6507 (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/MOS_Technology_6507

MOS Technology (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/MOS_Technology

Sega Master System (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Sega_Master_System

TK90X (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Tk90x

MSX (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/MSX

SID (MOS Technology) – Wikipedia
http://en.wikipedia.org/wiki/MOS_Technology_SID

Politica nacional de informática (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pol%C3%ADtica_Nacional_de_Inform%C3%A1tica

SpectraVideo (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Spectravideo

Commodore Amiga (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Amiga

Apple II (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Apple_II_series

Unitron Apple II (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Unitron_AP_II

CCE (Wikipedia)
http://pt.wikipedia.org/wiki/CCE

Apple Inc. (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Apple_Inc.

Metal Gear (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Metal_gear

Sony (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Sony

Sony HitBit (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/HitBit

Sony HitBit (HB-F1XDJ)
http://www.1000bit.it/scheda.asp?id=1682

Microsoft Corp. (Wikipedia)
http://en.wikipedia.org/wiki/Microsoft_Corporation

Print Friendly, PDF & Email